Foto: Reprodução
A apresentadora Xuxa fez um desabafo muito emocionante em sua coluna na Vogue. A publicação foi ao ar nesta segunda feira (25). Xuxa fez um relato sobre abuso que sofreu na infância. "Vou contar um episódio que é o mais difícil que vivi nos meus 56 anos", começou.

Na época, a apresentadora tinha apenas quatro anos quando tudo começou. Sua mãe ficou grávida muito jovem e precisava "dar conta" de cinco filhos. "Por que eu fui a escolhida? Não sei, mas me lembro de um cheiro de álcool de alguém, uma barba que machucou o meu rosto e algo que foi colocado na minha boca. Acordei dizendo que alguém tinha feito xixi na minha boca e meus irmãos disseram que eu tinha sonhado. Essa foi minha primeira experiência com abuso sexual, que, diga-se de passagem, eu não me lembro direito, mas existiram outros casos", escreveu.

E continuou: "Sentia tocarem em mim, colocavam o dedo, doía, não sabia distinguir o que sentia". O rapaz colocava os dedos em Xuxa enquanto a família estava dormindo.

Xuxa revelou ainda ter sido vítima de seu professor de matemática quando tinha apenas 11 anos. "Eu escrevi o que ele queria no quadro e vi que ele se tocava embaixo da mesa, usava uma calça quadriculada e se mexia muito, não entendia muito bem o que ele tava fazendo, foi aí que o ouvi gemer e depois se limpar", relatou.

Já aos 13 anos, a rainha dos baixinhos reveleou que um dos melhores amigos do seu pai a tocou em uma casa de praia. Xuxa se manteve calada até os 50 anos, quando decidiu falar no Fantástico para divulgar o Disk 100 e alertar as pessoas. "Hoje, quero emprestar minha voz em campanhas paras crianças que não falam, não gritam e choram sozinhas. Eu preciso fazer isso por elas, já que não fiz por mim", concluiu.

Do Radar da Bahia