Foto: reprodução/site Diário de Pernambuco
Uma jovem de 19 anos foi presa, na sexta-feira (27/12), suspeita de cometer filicídio - o assassinato do próprio filho. Ela teria matado o recém-nascido por esganadura e escondido o corpo do bebê em um armário situado no quarto em que dormia com o marido. O crime aconteceu na cidade de Machados, no estado de Pernambuco.

De acordo com informações do site Diário de Pernambuco, Vitória Maria dos Santos Silva, que deu a luz com quase nove meses de gestação, acabou confessando o crime, o qual teria cometido na última terça-feira (24/12). Ela alegou que estava com vergonha de revelar ao companheiro que a gravidez era fruto de um outro relacionamento. A suspeita estava casada com Edimar Marques Lopes desde julho deste ano e afirmou para ele e outros familiares que estava grávida de quatro meses.

Vitória simulou um aborto espontâneo, nessa sexta-feira, e foi levada ao hospital de Machado, de onde foi transferida para Limoeiro. No local, a mulher acabou sendo presa em flagrante, após o corpo do recém-nascido ter diso encontrado por Edimar dentro do guarda-roupa do casal.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Machado e a jovem vai responder pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.

Do Aratu On