Foto: divulgação/Orange County Public Records
O São Paulo decidiu rescindir o contrato do goleiro Jean, que era válido até dezembro de 2022. O atleta foi preso após acusação de agressão à esposa, Milena Bemfica, nesta quarta-feira (18/12), nos Estados Unidos.

A diretoria e os advogados do clube paulista querem o rompimento por justa causa, pois, segundo os dirigentes, Jean feriu a imagem e os valores do São Paulo. O tricolor também publicará nota de repúdio às agressões.

Conforme o Boletim de Ocorrência registrado pelo xerife do Condado de Orange, na Florida (EUA), Jean deu oito socos na esposa, que quebrou uma chapinha de cabelo na cabeça dele, causando um hematoma. Ainda de acordo com o documento, a mulher agiu em legítima defesa.

Do Aratu On