Foto: Reprodução
O corpo de uma das adolescentes que morreram após serem atropeladas no bairro de Pernambués, em Salvador, foi enterrado no Cemitério Quinta dos Lázaros, na Baixa de Quintas, na tarde desta quinta-feira (2).

Camile Braga dos Santos tinha 16 anos e foi atropelada na madrugada de quarta-feira (1°), enquanto passava pela Rua Tomas Gonzaga com outra adolescente, identificada como Karine, de 15 anos. Familiares e amigos da vítima acompanharam o sepultamento emocionados.

"Estamos arrasados. A porta [da casa] dela era a porta da minha casa. Eu tive que tirar tudo que pertencia a ela, para não lembrar dela. Tudo me lembra. Como vou ficar? Eu estou sem dormir. Não estou vivendo, estou vegetando", disse a tia de Camile, Adriana dos Santos, de 49 anos.



Ela contou ainda que o suspeito do crime alegou ter atropelado as adolescentes enquanto fugia de um assalto, supostamente praticado por homens encapuzados. Mas, segundo Adriana, câmeras de segurança mostraram que não havia ninguém na rua, além das jovens.

"Estou indignada. Eu acho assim, se matou tem que responder. Que a lei seja mais rígida. Custa vir a perícia e ver que tinha duas vítimas para pegar mais um pouquinho ele? Cadê o teste do bafômetro que não fizeram nele? Levaram o rapaz, levaram a moça, liberaram ele e agora estamos enterrando duas meninas”, relatou a tia.

Segundo Adriana, o sepultamento da segunda adolescente será realizado na manhã de sexta-feira (3), em uma cemitério de Brotas.

* G1