Foto: Reprodução
O goleiro Bruno, condenado pelo assassinato da modelo Eliza Samudio, está em negociações com o Fluminense de Feira de Santana para a disputa do Campeonato Baiano de 2020.

O presidente do clube e deputado estadual, Pastor Tom, confirmou as conversas com Bruno e disse que elas já acontecem a algum tempo. Um grupo de empresários da região, seriam responsáveis pelo pagamento do salário do goleiro. “Não vai trazer uma despesa elevada para o clube. O clube junto com os amigos, patrocinadores, pessoas que é fã do Bruno estão se mobilizando para a gente fazer o pagamento.” Disse o presidente

Sobre os crimes cometidos por Bruno, Tom acredita que “não se pode discriminar” o goleiro e que acredita na capacidade do atleta. “Estamos analisando, é um grande goleiro. Todo mundo sabe que ele teve um problema judicial, mas nós precisamos reintegrar essas pessoas que se envolveram com algo negativo, não podemos discriminar, não estamos aqui para julgar ninguém” disse.

*Radar da Bahia