Foto: Reprodução
A Justiça condenou nesta segunda-feira (6/12) três jovens que invadiram o centro de observação e triagem (Cotel), uma penitenciária em Abreu e Lima, na Região Metropolitana de Recife, em Pernambuco. Um quarto jovem, de 17 anos, não foi condenado por ser menor de idade. Eles seriam todos youtubers e a intenção era gravar uma pegadinha dentro do predio, mas foram impedidos pelos policiais.

De acordo com TV Jornal, o caso aconteceu em abril de 2018, mas a condenação saiu apenas neste início de janeiro. O mentor do "trollagem" seria Gerson Farias de Albuquerque, que convenceu os amigos Mateus Kleber Santos de Oliveira e Wesllay Meireles Lopes Costa a se vestirem como os personagens da série, com máscaras e macacões, para entrarem no centro de segurança.

"La Casa de Papel", que já está na terceira temporada, mostra uma quadrilha invadindo a Casa da Moeda da Espanha para assaltar o local. O grupo chegou a invadir o estacionamento do Cotel, mas foi abordado pelos agentes penitenciários, que realizaram a prisão.

Eles foram condenados a 2 anos de prisão e 6 meses de prestação de serviço à comunidade pelos crimes de atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública, desacato e corrupção de menores, por causa da presença do adolescente. O juiz Luiz Carlos Vieira de Figueiredo decidiu que eles vão cumprir a pena prestando serviços à comunidade. A defesa dos jovens pode recorrer da decisão