Foto: Reprodução
Nesta quarta-feira (05), dois aviões VC-2 da Força Aérea Brasileira, normalmente usados no transporte presidencial, partiram de Brasília com a missão de resgatar 34 brasileiros na cidade de Wuhan, na China, local mais afetado pela epidemia de coronavírus.

A missão teve início oficial na terça-feira (04), quando dois jatos Legacy da FAB partiram para Varsóvia, na Polônia, com tripulantes que farão o revezamento do serviço de voo, uma vez que serão 62 horas ininterruptas de trabalho.