Foto; Reprodução

“Dengo, obrigada por ser amor. Obrigada por ser paciência. Tem sido lindo caminhar ao seu lado e dividir esse novo tempo. Obrigada por me transformar de novo em mar. Te amo”, postou Mônica.


Na plataforma, Mônica – que ainda posta fotos de Marielle Franco e questiona as autoridades sobre o assassinato da vereadora, em março de 2018 – contou que ela e Marina se conheceram na militância.

“Nos conhecemos na militância e a voz de Marina me motivava a ocupar espaços e me abria os olhos para um horizonte mais amplo no mundo. Marina foi abrigo, foi colo paciente, foi companheira no sentido amplo da palavra. Aos poucos, ela me ajudou a novamente abrir os olhos e ver que ainda há muito amor, muita vida e um horizonte infinito para contemplar”, postou ela, no dia do aniversário da companheira.

Informação do Aratu On