Foto: Reprodução
A 10º Vara Federal de Brasília recusou na última quinta-feira (6) as acusações feitas pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept, pelos crimes de organização criminosa e interceptação telefônica ilegal.

Entretanto, a denúncia do MPF foi aceita parcialmente. O juiz federal Ricardo Leite aceitou as acusações feitas a outros seis investigados pela invasão de celulares de autoridades. Assim, todos passaram à condição de réus no processo.

Ao recusar a denúncia contra Glenn, o magistrado entendeu que o jornalista estava amparado por uma liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, que impediu que ele fosse investigado.