Foto: Reprodução
 O procurador da fazenda, Matheus Carneiro Assunção, foi encontrado morto, na manhã desta segunda-feira (3), em uma clínica psiquiátrica particular, em São Paulo, onde estava custodiado após ter esfaqueado a juíza Louise Filgueiras, em outubro do ano passado, dentro do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, na mesma cidade.

De acordo com o Juris Bahia, o procurador foi localizado por profissionais do local dentro do quarto, que estava trancada com uma poltrona na porta. Ainda conforme a publicação, o local foi isolado após o caso, para a perícia. 

O caso foi registrado como morte suspeita.