Foto: Reprodução
Aperícia concluiu que é falsa a Carteira Nacional Habilitação (CNH) apresentada pelo jogador Bruno Henrique, do Flamengo, em uma blitz no dia 29 de fevereiro na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Ele é esperado para depor nesta quinta-feira (12), na 16ª DP (Barra da Tijuca).

De acordo com o Globo Esporte, o laudo da perícia atestou que tanto a cédula do documento quanto o número do registro da habilitação foram forjados.

Bruno Henrique poderá ser indiciado por uso de documento falso, que prevê pena de até seis anos de reclusão.