Foto: Reprodução
O prefeito Joaquim Neto, anunciou, neste domingo (05), a revogação do decreto 5.257/2020, que autorizava a abertura, em horário reduzido, de estabelecimentos comerciais considerados não essenciais, a partir desta segunda-feira (06). De acordo com o gestor, a decisão foi tomada com o objetivo de intensificar as ações de enfrentamento e contingenciamento à COVID-19 na cidade, e também atende a posicionamentos contrários do Ministério Público, Comitê de Saúde da Câmara Municipal e da Secretaria de Saúde do Estado (SESAB).

Pelo novo decreto, que será publicado nesta segunda-feira (06), em edição extraordinária do Diário Oficial do Município (DOEM), as atividades do comércio seguirão suspensas até o dia 15 de abril. De acordo com o boletim epidemiológico deste domingo, Alagoinhas registra 5 casos confirmados da COVID-19, 32 suspeitos e 86 pessoas estão sendo monitoradas pelas equipes da Vigilância Epidemiológica. No total, 26 casos foram descartados, e a cidade não registra nenhum óbito pela doença.

*Secom