Foto: Roberto Fonseca
Após retomar a campanha de vacinação contra Influenza, com a chegada de novas doses, nesta quarta-feira (1°), a Prefeitura iniciou também um fluxo para a imunização nos lares de idosos. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), que designou equipes e profissionais para atender às instituições de longa permanência.


Nesta etapa, o público prioritário é justamente de idosos acima de 60 anos e de trabalhadores da saúde, e a SESAU comunica que, paralelamente às equipes com a vacinação nos lares, mais de 15 pontos de imunização estão abertos, no período matutino, a partir das 8h, para atender ao público-alvo.

Na manhã desta quarta-feira (1°), os profissionais estiveram nos lares Bezerra de Menezes e Recanto da Paz. “Vai ajudar na imunização. É bom para o coletivo, não apenas para o lar […] A Prefeitura está de parabéns pela iniciativa. Tudo o que vier a somar, estamos aqui para abraçar”, destacou Antônio de Santana, diretor da instituição que funciona há 52 anos na Tupy Caldas, em Alagoinhas.


No Recanto da Paz, a iniciativa da vacinação in loco também foi bem recebida. Jaciara Carvalho, secretária da instituição, ressaltou que é mais uma forma de segurança e proteção. “Temos aqui idosos acima de 60 anos, de alto risco”, revelou a profissional da instituição, que falou também sobre as medidas de higienização e prevenção que vêm sendo tomadas durante a pandemia do novo coronavírus.

A imunização contra Influenza não é eficaz contra a COVID-19, mas auxilia os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para o novo coronavírus, já que existem semelhanças nos sintomas. De acordo com a Secretaria de Saúde, todas as medidas preventivas estão sendo adotadas tanto nos pontos de imunização – onde está sendo mantida a distância média de 1,5m a 2m entre pacientes – quanto na vacinação nos lares de idosos. Novas estratégias também estão sendo estudadas pela secretaria, que prevê ainda atendimentos “drive thru” e agendamentos de vacinação domiciliar. A SESAU destaca, porém, que depende da reposição contínua dos imunobiológicos, que estão sendo distribuídos de forma fracionada pelo Governo Federal e são repassados aos municípios pelos estados. Alagoinhas tem recebido remessas semanalmente.

A secretária de saúde Rosania Rabelo salientou que o atendimento in loco nos lares visa assistir justamente àqueles indivíduos do grupo prioritário, com mais de 60 anos, reduzindo a exposição durante o período de isolamento. Um cronograma foi elaborado pela equipe, evitando que esses idosos precisem transitar dentro das unidades ou pontos volantes. A meta é imunizar, na 1ª etapa, mais de 18 mil pessoas, em Alagoinhas, entre profissionais da área e idosos acima de 60 anos.


Serão atendidas todas as instituições permanentes de Alagoinhas, com imunização, nos próximos dias, no Lar Franciscano, no Plácido Carvalho, no Nova Esperança, no Kairós, no Nossa Sra. do Carmo e no Lírio dos Vales.

A campanha de vacinação segue até 23 de maio.

*PMA