Foto: Reprodução
O município de Alagoinhas, cerca de 110 km de Salvador, terá toque de recolher a partir da próxima sexta-feira (15). A medida tem o objetivo de conter a propagação do novo coronavírus na cidade e terá vigência até o dia 24 de maio.
Segundo a Prefeitura de Alagoinhas todo o comércio da cidade será fechado a partir das 20 horas e só poderá ser reaberto às 5 horas do dia seguinte. Entre esse horário, apenas estão autorizado o funcionamento de farmácias.
De acordo com um site local , o prefeito Joaquim Neto informou que acontecerão 22 viaturas da Polícia Militar farão rondas durante o horário do toque de recolher para garantir que as pessoas não saiam de casa e que os estabelecimentos do comércio permaneçam todos fechados.
Além disso, a Central de Abastecimento, onde possui uma grande concentração de pessoas no dia a dia, será fechada às 15 horas, principalmente nos dias de feira que acontecem às sextas e sábados. Os bares da central também não poderão funcionar após o horário determinado pelo decreto.
Os supermercados do município também não estão autorizados a funcionar após às 20 horas. Segundo o prefeito, por causa da aglomeração nas lojas, está proibido também o funcionamento das lojas aos domingos.
Segundo Joaquim Neto, foi descartada, por enquanto, a ideia de estabelecer lockdown em todo o município.
Segundo o último boletim da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), Alagoinhas possui 11 pessoas infectadas com a Covid-19. Joaquim Neto afirmou que segue avaliando diariamente os boletins para tomar as próximas decisões.
*Bahia.Ba