Foto: Reprodução
A Prefeitura divulgou, através da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), mais uma atualização diária dos casos de coronavírus em Alagoinhas. A Vigilância Epidemiológica informa que 43 pacientes tiveram o diagnóstico positivo para COVID-19, nesta quinta-feira (4), sendo 39 casos da instituição de longa permanência do município, entre idosos e colaboradores, cujas amostras haviam sido colhidas pelas equipes de saúde. Eles permaneciam monitorados pela Vigilância, que cumpre em integralidade os protocolos do Ministério da Saúde no que se refere ao isolamento, ao acompanhamento em tempo real, ao mapeamento, ao remanejamento de pacientes sintomáticos para unidades secundárias (UPA) e terciárias (hospitais) e à investigação epidemiológica dos casos.

Com a atualização, Alagoinhas registra 151 casos confirmados da doença, dos quais 46, ou seja, mais de 30%, são da instituição de longa permanência para idosos.

A Secretaria de Saúde informou ainda que a idade dos pacientes diagnosticados varia de 22 a 101 anos e que todas as medidas protocolares estão sendo adotadas integralmente para assegurar o cuidado e o isolamento dessas pessoas. O município registrou também um aumento no número de pacientes que evoluíram para alta, após avaliação médica; 14 pessoas tiveram a recuperação constatada hoje e Alagoinhas contabiliza, portanto, 66 recuperados.

No que se refere ao quantitativo de hospitalizações, o boletim epidemiológico emitido pela SESAU mostra que 19 pacientes estão internados: 1 no Instituto Couto Maia, 5 no Hospital das Clínicas de Alagoinhas, 3 no Hospital Regional Dantas Bião, 1 no Hospital Espanhol e 9 sob acompanhamento e observação das equipes de saúde na UPA de Santa Terezinha – com estado clínico estável, até o momento.

Foto: Reprodução

A atualização aponta também para 728 casos descartados para coronavírus, em Alagoinhas, entre testagens negativas e exclusões do monitoramento por critério de investigação clínico-epidemiológica. Outras 19 pessoas aguardam resultados do Laboratório Central de Saúde Pública, para onde são encaminhadas as amostras.

Equipes da Vigilância seguem 100% mobilizadas e a Secretaria Municipal de Saúde reforça a importância do cumprimento às medidas preventivas preconizadas. A Prefeitura ressalta que uma série ações vêm sendo desenvolvidas com foco em interromper a cadeia de transmissão da doença, com restrições à circulação de pessoas, e o poder público municipal reitera o compromisso com a divulgação transparente dos dados atualizados.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde – Vigilância Epidemiológica