Dois homens presos que são acusados de participar do esquema de desvio de materiais da Secretaria de Segurança Pública, deverão ter suas prisões em flagrante convertidas para prisão preventiva após solicitação do Depom da Polícia Civil.

Apenas um homem que faz parte do grupo segue preso em flagrante. Isso pois ele que é servidor público foi de flagrado roubando os materiais, enquanto realizava serviços de manutenção.

O material roubado era comercializado na internet por um dos presos, enquanto o outro ajudava no transporte e no ato de esconder os materiais roubados pelo grupo.
fonte o radar da Bahia