Foto: Reprodução
Um paciente do Hospital de Campanha de Feira de Santana escapou da unidade na tarde desta quinta-feira (11), ao sair correndo pelo estacionamento. Ele estava internado há três dias, de acordo com a direção do hospital, conforme apurado pelo Acorda Cidade.

O homem, que já havia dito que não queria ficar na unidade, conseguiu fugir, no entanto, pelo estado grave não foi muito longe, pois sentia cansaço. “Ele aproveitou a entrada de um veículo no estacionamento e saiu correndo. Imediatamente toda a equipe que estava envolvida foi atrás do paciente e, para a nossa sorte, vinha passando uma guarnição da Polícia Militar que nos deu apoio. Ele sentou na avenida, conseguimos convencê-lo a voltar ao hospital. Ele retornou junto com a mãe e a outra equipe que o aguardava tentou convencê-lo a continuar com o entendimento no hospital, mas ele optou por assinar um termo de saída. A mãe assinou como testemunha e o levou para casa”, relatou o diretor-geral, Gilmar Oliveira.

Uma guarnição da Polícia Militar deu apoio na ocorrência.  Ainda conforme apurado pelo Acorda Cidade, a situação dele não é estável, já que a saturação está em 80%.

O diretor defendeu que “não foi falha da segurança do hospital já que não podemos segurar o paciente”. “Estávamos o acompanhando para onde ele se dirigia e quando um funcionário abriu para um veículo entrar, que era outro médico que estava chegando, ele aproveitou e saiu correndo. O próprio médico que estava no veículo nos acompanhou no atendimento, foi o mesmo médico que tinha recepcionado o senhor Rafael, já o conhecia, e foi o mesmo que o convenceu a voltar, mas chegando lá ele disse que não queria ficar. A maioria dos pacientes tem esse pensamento que estão bons, que estão recuperados e querem voltar para casa”, disse.