O Comando de Policiamento Regional (CPR) Atlântico iniciou, nesta terça-feira (23), o reforço do patrulhamento ostensivo no Engenho Velho da Federação. A medida foi tomada após denúncias de comerciantes sobre traficantes e policiais cobrando valores para oferecer 'segurança'.

Equipes do CPR Atlântico (41a CIPM e Rondesp) fizeram incursões nas localidades da Lajinha, Forno e Baixa da Égua. Na chegada houve confronto com criminosos armados. Não ocorreram prisões ou feridos.

"A PM jamais permitirá que moradores paguem taxa ou sejam pressionados. Conversamos com alguns comerciantes e informações sobre a possível participação de militares nas extorsões foram repassadas para Corregedoria", informou o comandante do CPR Atlântico, coronel Manoel Xavier.

fonte radar  da Bahia