Era mais um dia de plantão no 8° Grupamento de Bombeiros Militar (8°GBM/Jequié), quando sargento BM Silvio César atendeu o chamado de uma mãe, cujo recém-nascido de apenas 30 dias de vida estava engasgado, nesta segunda-feira (29). O atendimento começou por telefone, quando o militar passou as orientações para as manobras de desengasgo.

"Inicialmente pedi que a mãe mantivesse a calma para ouvir e executar todos os procedimentos adequadamente. O primeiro atendimento, mesmo por telefone, é fundamental para a boa recuperação. Orientei para que colocasse o telefone no modo viva voz e seguisse o passo a passo da manobra de desengasgo. Ao final, consegui ouvir o choro do bebê, um momento muito feliz para mim e para toda a equipe", explicou o sargento.

A equipe da Unidade de Resgate chegou ao local, prestou todos os cuidados necessários e conduziu o bebê, em seguida, à unidade hospitalar. O primeiro atendimento, ainda por telefone, foi essencial para a recuperação do recém-nascido, pois cada minuto é importante para uma ocorrência como essa, na qual, poderia evoluir do engasgo para uma parada respiratória ou cardio respiratória, o que poderia levar o bebê a óbito.

radar da bahia