Moradores de regiões periféricas próximas a Lisboa, em Portugal, vão ter que voltar para dentro de casa por conta do coronavírus. O anúncio foi feito na última quinta-feira (25) pelo governo.

Pessoas que moram em 19 regiões - menos Lisboa - só vão poder deixar suas casas para comprar produtos essenciais, como alimentos, medicamentos, e para se deslocarem ao trabalho.

Segundo o primeiro-ministro, Antonio Costa, a "única forma eficiente de controlar a pandemia é ficar em casa sempre que possível, manter o distanciamento social a todo tempo e manter os padrões de proteção e higiene". A medida para a valer dia 1º e segue até 14 de julho. 

Com 40.415 casos de covid-19 e 1.549 mortes, Portugal é considerado caso de sucesso no combate contra a doença. O país começou a suspender as medidas de lockdown em 4 de maio.

bocão News