A Prefeitura divulgou, através da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), mais uma atualização do boletim diário sobre o quadro epidemiológico do novo coronavírus em Alagoinhas. Os dados desta segunda-feira (6) mostram que mais 35 pessoas diagnosticadas com COVID-19 tiveram a alta constatada e sobe, portanto, para 443 os casos recuperados, após infecção por coronavírus.

O quantitativo de recuperações é superior ao número de diagnósticos positivos para a doença, no mesmo dia. Nesta segunda-feira, 18 mulheres, com idade entre 9 e 78 anos, e 6 homens, na faixa etária de 7 a 48 anos, tiveram o caso confirmado para COVID-19. Um dos pacientes identificados deu entrada no Hospital Espanhol; todos os demais positivados seguem em isolamento domiciliar, monitorados pelas equipes de Vigilância, assim como as pessoas com as quais tiveram contato.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, mais de 71% dos 617 casos confirmados da doença tiveram a recuperação constatada e não apresentam mais riscos de transmitir o vírus. No somatório de todos os casos positivos, subtraídos os óbitos e os pacientes que tiveram alta, Alagoinhas chega a 159 casos ativos da COVID-19. Do total de casos confirmados, 23 pacientes seguem internados: 9 no Hospital das Clínicas de Alagoinhas (HCA), 3 no Ernesto Simões, 2 no Hospital do Subúrbio, 1 no Hospital Português, 1 no Hospital Regional Dantas Bião, 1 no Alaíde Costa, 1 na UPA de Santa Terezinha, 1 no Hospital Riverside, 2 no Hospital Espanhol, 1 no Hospital Salvador e 1 no Hospital da Sagrada Família.

Outros 50 munícipes aguardam resultados do Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), para onde são encaminhadas as amostras. Segundo a Vigilância, 886 munícipes testaram negativo para COVID-19, em Alagoinhas, e mais 1.175 foram excluídos do monitoramento por critério de investigação clínico-epidemiológica.

A SESAU reitera que as equipes de Vigilância seguem 100% mobilizadas, com o cumprimento, em integralidade, dos protocolos oficiais, no que se refere ao monitoramento, ao mapeamento e à investigação epidemiológica. Ainda de acordo com a secretaria, o município ampliou a realização de exames diagnósticos para identificar os casos positivos da doença, e o governo municipal vem implementando uma série de medidas para interromper a cadeia de transmissão do coronavírus na cidade. Novas estratégias, com estudos seccionais e inquérito epidemiológico, serão desenvolvidas nos bairros, para reduzir a curva de contágio. A recomendação é para que as pessoas mantenham o isolamento e adotem as medidas preventivas preconizadas.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde – Vigilância Epidemiológica
Atualização: 06-07-2020

Central de Atendimento COVID-19 Alagoinhas
(75) 99824-0789
(75) 99811-4772
(75) 99707-7942

Confira os dados atualizados nesta segunda-feira (6):