Portal Notícias de Alagoinhas



A gasolina vendida no Brasil seguirá novas especificações definidas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), que regula o setor, a partir de 3 de agosto. As mudanças valem para a gasolina tipo C (comum) e premium.

De acordo com a Petrobras, o combustível terá melhor qualidade e deixará os carros mais eficientes, reduzindo o consumo de combustível e as emissões de poluentes. Entretanto, o litro da gasolina ficará mais caro. 

Segundo o Auto Esporte, o mentor de tecnologia em energia da SAE Brasil (Sociedade de Engenheiros da Mobilidade) afirma que a melhoria no consumo do veículo irá compensar o custo mais alto para abastecer. "Há previsões de que os veículos devem ter a performance melhorada, chegando a 3% ou 4% (na economia de combustível)", disse.

metro1