Portal Notícias de Alagoinhas



Os Estados Unidos determinaram hoje (22) o fechamento do consulado da China em Houston, no Texas. A decisão foi tomada em meio ao aumento das tensões entre as duas maiores economias do mundo e após denúncias de que hackers chineses tentaram roubar dados sobre a vacina para Covid-19. A informação é do G1.

Segundo o Departamento de Estado americano, a medida busca proteger a "propriedade intelectual e as informações privadas dos americanos". "Os Estados Unidos não tolerarão as violações da República Popular da China da nossa soberania e intimidação do nosso povo, assim como não toleramos as práticas comerciais desleais, o roubo de empregos americanos e outros comportamentos", afirmou o porta-voz do departamento, Morgan Ortagus.

Ontem (21), o Departamento de Justiça dos EUA denunciou que os dois hackers chineses suspeitos de roubar informações sobre projetos de vacinas trabalhavam para o ministério da Segurança de Estado da China. Além disso, eles foram acusados de violar a propriedade intelectual de empresas nos Estados Unidos e em outros países.

A decisão foi condenada pelo porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin. Ele alertou que seu país pode tomar medidas duras de retaliação caso os EUA não revertam sua decisão.

"O fechamento unilateral do consulado geral da China em Houston dentro de um curto período de tempo é uma escalada sem precedentes de suas ações recentes contra a China", disse Wang.

metro1