Uma jovem identificada como Jamille Soares Dias, de 28 anos, sofreu violência física e psicológica pelo ex-marido e foi eespancada, no bairro da Barra. A jovem é estudante de Filosofia da UNEB (Universidade Estadual da Bahia). Ela teve o apartamento invadido pelo homem, que não teve a identidade divulgada.

O homem se apresenta nas redes sociais como competidor da arte suave. A Federação Baiana de Jiu Jitsu e MMA (FBJJMMA), através do presidente Evandro Nascimento, se posicionou e repudiou a agressão.

A instituição repudia atos de violência “de qualquer praticante de Jiu-Jitsu, principalmente contra a mulher“. “Defendemos que o autor das agressões deve ser severamente punido e afastado da equipe e da academia onde treina. Além disso deve o agressor ser banido de todas as competições, caso ele participe. Somos solidários com o sofrimento físico e mental da vítima e prestamos toda nossa solidariedade à família, momento em que nos colocamos à disposição para acompanhar o caso”, diz o comunicado da FBJJMMA.

Jamille ficou com o rosto completamente desfigurado e vai ser necessária uma cirurgia para reconstruir parte da face. Ela também levou vários pontos no supercílio. Ela tem uma filha de 3 anos com o acusado. Ela afirmou, segundo o site Informe Baiano, que o homem seria usuário de drogas. O caso é investigado pela DEAM.

radar da Bahia