O vice-ministro da Saúde da Rússia, Oleg Gridnev, anunciou hoje (7) que o país concedera o registro para a primeira vacina contra a Covid-19 na próxima quarta-feira, dia 12 de agosto. 

O ministro da Saúde da Rússia, Mikhail Murashko, já havia anunciado, na semana passada, que o programa de vacinação em massa do governo está previsto para começar em outubro. A comunidade internacional, entretanto, desconfia da eficiência do imunobiológico por causa da velocidade dos ensaios clínicos e da falta de transparência para divulgar os resultados.

Segundo o vice-ministro, médicos e idosos terão prioridade quando a vacina estiver pronta. 

metro1